quarta-feira, 30 de maio de 2018

Banda Revolução discute porte de armas em novo vídeo


A polêmica sobre a legalização e porte de armas no Brasil não vem de hoje. E mais um capítulo da discussão é escrito no novo vídeo da banda Revolução. Na canção Luzes (A Solução é o Amor) o grupo traz uma poesia repleta de versos pacifistas. Leia um dos trechos:

"Enquanto as armas
Não se transformam em flores Nós assistimos ao caos e as dores..."
"Não acredito que mais armas possam melhorar a vida no Brasil, pelo contrário deveria haver um esforço em reduzir a utilização e o tráfico de armas. Todavia nosso país está fora de controle e isso faz com que as pessoas cada vez mais busquem formas de se sentirem seguras", argumenta Ekson Wallace, guitarrista da banda. Veja a baixo o vídeo da música:



Os Estados Unidos é o país com mais armas de fogo em poder da população civil, com 270 milhões, numa taxa de 89 armas de fogo para cada 100 habitantes. Já no Brasil existem aproximadamente 15 milhões de armas nas mãos de cidadãos, uma média de 8 armas por 100 habitantes. Segundo dados do grupo de pesquisa Suiço Small Arms Survey em 2007.

Quando o assunto é violência e criminalidade, o Brasil é um país extremamente problemático segundo dados da ONU, em 2013. Em nosso país, mesmo com menos armas do que nos EUA há uma taxa de 23,5 assassinatos por 100 mil habitantes. Nos Estados Unidos, a proporção era de 5,6. Nessa comparação simples, o Brasil tem menos de 10% da taxa de armas per-capita dos EUA, mas uma taxa de homicídio quase cinco vezes maior.


Diante dos dados o grupo não é taxativo. "Não estamos aqui para dizer o que é certo ou errado, estamos apenas gritando pela vida, pela valorização de cada individuo, mas sabemos que as coisas vão de mal a pior por aqui, e isso só aumenta a violência e o medo", conclui Ekson guitarrista em ação no vídeo.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário