domingo, 27 de maio de 2018

A banda do momento: MAESTRO SUJO E O SANATÓRIO GOTHAM


Com 3 discos: Toda Psicodelia Agora (2013), Estereocaos (2015) e Experimentos do Fim do Mundo (2017) o grupo Maestro Sujo e o Sanatório Gotham tem chamado atenção no Rio Grande do Sul. "Maestro Sujo é um pseudônimo que eu assumi quando comecei esse projeto em parceria com a banda Sanatório Gotham. Foi uma forma de homenagear os músicos clássicos, como Mozart e Beethoven... Esses artistas eram considerados 'sujos' pelos críticos e por uma grande parcela da classe burguesa," conta o músico sobre a origem do projeto.

O músico destaca as experimentações que o grupo faz em cada canção de seus trabalhos. "Acredito que uma característica da gente que eu pouco vejo em outros grupos é a mistura de estilos, as vezes até dentro de uma música só misturamos tudo. Tem rock psicodélico misturado com blues, misturado com jazz, misturado com rap, misturado com progressivo."

As principais influências do trabalho são os artistas mais experimentais. "Não necessariamente na questão sonora, e sim pela liberdade musical de composição. Posso citar nomes como Tom Waits, Frank Zappa, Tom Zé, Chico Science, Os Mutantes", comenta Maestro Sujo.

Sobre o contexto atual da música e seu consumo no Brasil, o músico é taxativo. "O mainstream continua igual, repleto de artistas bons e artistas ruins. O bom é que hoje temos a internet, onde temos muito mais acesso a música independente, podendo assim ignorar tranquilamente o mainstream."

O grupo divulga seu mais recente álbum “Experimentos do Fim do Mundo”. E acaba de lançar o vídeo da música “Carnificina”, música que abre o disco. Confira:


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário: