terça-feira, 20 de março de 2018

Revolução alfineta Rede Globo e mercado sertanejo em novo vídeo acústico


Conhecidos por seu engajamento e críticas ao cenário político brasileiro, a banda Revolução vem mais uma vez colocar seus pensamentos contra a ordem vigente em novos vídeos na internet. Os "alvos" da vez foram a Rede Globo e o mercado sertanejo. "Eu sou contra a monocultura...Os cartéis da indústria fonográfica que só ficam incutindo um tipo de produto na população," comentou o Johnny Kiff, vocalista do grupo nos bastidores de uma gravação da banda.

"A Globo é só uma empresa, como todas as outras, que faz tudo para lucrar. Temos as empresas que derramam sujeiras nos rios, e temos também as empresas que derramam sujeira nas ondas da televisão," ironizou o músico. Veja a fala completa no vídeo abaixo:


Na mesma ocasião, a banda de Belo Horizonte lançou uma versão acústica da música "Que Tal?", canção do primeiro disco do grupo. No melhor estilo Bob Dylan com gaita e bastante violão, a banda apresentou uma releitura da música. A letra da canção trata de outros temas recorrentes na cultura popular brasileiro, com ironia e certo humor. Veja abaixo.


Sobre a temática da dominação da música sertaneja nas rádios brasileiras. Você pode se informar mais nesse belo texto de Marcos Antônio Barbosa.



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário